A Família Addams (2019)

The Addams Family (título original)
imagem do banner clacat familia addans

Sinopse

Membros da misteriosa e assustadora família Addams – Gomez, Morticia, Feioso, Wandinha, Tio Chico, Tropeço, Mãozinha e Vovó Addams – estão se preparando para uma visita de seus bizarros parentes. Mas logo surgem problemas quando a suspeita personalidade da TV Margaux Needler percebe que a misteriosa mansão dos Addams está no caminho de seu sonho de vender todas as casas de um novo bairro.

Crítica

Podemos dizer que A Família Addams é um tanto quanto histórica pois esta família completou 81 anos de existência em 2019. É isso mesmo, A Família Addams foi criada por um cartunista em 1938 e continua presente e amplamente conhecida até os tempos atuais.

Após duas séries de televisão (em 1964 e 1998), dois desenhos animados (em 1973 e 1992) e três filmes em longa metragem (em 1991, 1993 e 1998), eis que chega a primeira animação em longa metragem da família mais divertida e assustadora da história do cinema.

Não tenho a menor dúvida de que os fãs de A Família Addams já estavam com saudades de tantos personagens icônicos e ainda muito presentes nas lembranças de diversas gerações. Se você tem mais de 20 anos de idade, ou mais de 50, provavelmente ainda lembra os nomes dos personagens até hoje.

Como esquecer de Gomez, Morticia, Tio Chico, Wandinha, Feioso, Tropeço, Mãozinha, Vovó Addams e Primo Coisa?

Agora, sem mais delongas, vamos ao ponto e falemos desta mais nova animação de A Família Addams. Começando pelas características do desenho, que são bem fiéis ao design original feito por Charles Addams, cartunista e criador de A Família Addams.

Um fato legal é que esta fidelidade ao original também nos traz personagens esquecidos como os animais de estimação da família. O gatinho (um leão), Aristóteles (um polvo) e novos elementos como uma árvore viva (que também faz as funções de babá) e de uma mansão assombrada (tendo realmente uma entidade que deseja todos fora de lá).

A história da animação mostra brevemente as origens da família, com a união de Gomez e Morticia, já mostrando a perseguição que os Addams sofrem do resto das comunidades que os enxergam como aberrações.

Eles são expulsos da cidade onde moravam e logo buscam uma nova residência, encontrando no caminho um fiel serviçal (Tropeço) e a mansão que antes fora um manicômio. Um lugar abandonado e assombrado por uma entidade que não quer ninguém lá parece ser o lugar perfeito para a Família Addams não é mesmo?

Lá eles se instalam, tem seus filhos e seguem suas tradições familiares. Porém, como a mansão fica no alto de um morro enevoado, nada pode ser visto além dos portões de entrada. Sem nunca ter saído de casa, Wandinha começa a ficar curiosa a respeito do mundo exterior (algo bem similar ao que vimos com Mavis em Hotel Transilvânia).

Em contrapartida o resto dos Addams se ocupam com preparativos para a visita do resto da família visando a celebração de um ritual teste para a aceitação de Feioso como membro da família.

Não muito longe da residência dos Addams, um local que antes era um pântano é drenado para dar lugar a uma nova comunidade extremamente funcional e erguida por uma apresentadora de reality show de construção, reforma e decoração.

O objetivo desta apresentadora é obviamente vender todas as casas da comunidade, usando seu Reality Show como forma de divulgação. Trata-se de uma comunidade certinha e saudável totalmente oposta aos Addams.

Com a drenagem do pântano, a névoa que cobria o morro se dissipa, fazendo com que a mansão Addams possa ser vista por toda a comunidade, caracterizando um verdadeiro pesadelo na paisagem daquela que deveria ser uma “comunidade modelo”.

A animação é uma verdadeira crítica a sociedade moderna, onde o bonito e o saudável são cada vez mais mandatórios, porém a aceitação do “diferente” continua diminuindo.

Veredito

Vale a pena conferir A Família Addams nos cinemas para matar as saudades de personagens tão saudosos e eternizados com desenhos animados e filmes clássicos. A animação é rica em detalhes e muito fiel às suas origens.

A discriminação que os Addams sofrem por serem diferentes é o sinal de alerta que poucos parecem compreender ou se importar. Então por mais que a animação falhe em ser engraçada a sua mensagem é verdadeira e merece reflexão.

ACEITE OU NO MÍNIMO RESPEITE AS PESSOAS COMO ELAS SÃO!

Trailer

Banner do nosso apoiador do clacat muller

Cartaz

mostra cartaz do filme familia addan 2019